Perda de audição repentina 

A surdez repentina ou perda de audição sensorineural ,SSNHL é definida como uma perda acima de 30 dB (decibéis) em três frequências contínuas, num periodo máximo de menos de três dias.A perda auditiva repentina deve ser avaliada imediatamente por um médico.

Essa perda auditiva repentina pode ser observada pela manhã, ao levantar ou durante horas chegando a se prolongar por alguns dias.
Segundo a pesquisa, 70% dos pacientes com SSNHL sofrem também de tinnitustus. E vale salientar que 50% dos casos de pessoas acometidas dessa doença auditiva sofrem de vertigem.

A incidência aumenta com a idade: de 100.000 pessoas entre 20 a 30 anos de idade 4,7% são vítimas de surdez repentina e de 100.000 pessoas entre 50 a 60 anos de idade 15,8% sofrem desse problema.

Pode ocorrer uma recuperação espontânea entre 30 a 70% dos casos nas primeiras duas semanas. As chances de uma recuperação total são mínimas para pacientes com perda auditiva severa e quando a SSNHL é acompanhada de vertigem. E quanto mais jovem for o paciente mais satisfatória será a recuperação.

As causas do SSNHL podem ser várias, e de 30 a 70% dos casos dessa perda auditiva permanente devem ser tratados com diferentes tipos de aparelhos auditivos ou implante de cóclea, conforme determinação de especialistas da área de audiologia.

Fonte: Hearing Review, December 2003, Sudden Sensorineural Hearing Loss special issue.